Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

A pedido, para mais tarde recordar...

Este post é escrito a pedido da professora de natação do meu filho, depois do comentário que ele fez hoje na aula de natação...

Deixem-me antes de mais dizer-vos que neste mês de Agosto, excepcionalmente, a professora de natação tem-me deixado fazer as aulas de natação com o meu filho e é ver a felicidade e a minha também... está todo orgulhoso por ter a mãe consigo!!!

Então cá vai... A professora estava a explicar um exercício e estava a dizer que o mais importante era deitar o ar fora debaixo da água. Após ter dito isto duas ou três vezes o meu filho disse-lhe que não era o ar que saía pelo nariz mas sim o dióxido de carbono. A professora ficou boquiaberta com a observação feita por ele, com apenas 7 anos, e disse-me que tinha que registar o momento para mais tarde recordar e lhe mostrar. Por isso aqui fica...

 

Hoje é domingo...

Hoje, domingo, mais uma manhã fabulosa de praia, sem vento e com sol. O mar está lindo, na sua imensidão, tal como o areal.

Desta vez estou sozinha, sem a companhia do meu filho, que está hoje com o pai, mas igualmente feliz.

Há que aproveitar todos os momentos, como únicos que são, independentemente de estarmos sós ou na companhia de alguém.

Como hoje estou só, aproveitei esta manhã de praia para ler, escrever, apanhar sol e desfrutar desta magnifica paisagem e do momento, único... nada se pode desperdiçar!

A meio da manhã fui surpreendida com a visita de uns amigos que me encontraram no meio da multidão e após um convite, fui com eles tomar um café... mais um momento prazeroso nesta simplesmente maravilhosa manhã passada na praia. É assim que agora sou feliz... aproveitando todos os momentos da minha vida e vivendo-os como se fossem os últimos desta existência.

Assim sou feliz!!!

Aproveitem a vida e sejam também muito Felizes! 

A vida na sua simplicidade...

A vida é de facto extraordinária na sua simplicidade (não me canso de dizer) e nada melhor do que a falta de recursos para darmos mais valor às pequenas maravilhas que estão mesmo junto de nós. No meu caso tenho o privilégio de viver perto do mar...

Este está a ser mais um sábado magnifico. Um dia fantástico de sol, sem nortada. Uma manhã de praia fantástica na companhia não menos extraordinária do meu filho. Estar com ele é sempre uma alegria e uma animação (sem descanso)..., basta estar motivada para isso.

Hoje não resisti ao seu pedido para almoçarmos na esplanada da praia,... um cachorro, um hambúrguer vegetariano e uma Pepsi para dois e ficamos felizes!!!

Como já vos disse são maravilhosos os momentos que passamos juntos e quanto mais simples, mais os aproveitamos.

Estarmos juntos, felizes, em paz e harmonia é o que de melhor há na vida!

Que bom é viver, ser feliz, ter a companhia dos que amamos e aproveitar os momentos da melhor forma possível!

Inspirem-se e sejam Felizes todos os dias da vossa Vida!!!

 

 

Já não se fazem declarações de amor...

Há uma pergunta que me tem invadido a mente com alguma frequência...

Porque é que já não se fazem declarações de amor? Porque é que as pessoas têm tanto pudor em dizer às que amam o que sentem por elas? Porque é que é tão difícil exteriorizar sentimentos?

Neste tempo de crise em que temos obrigatoriamente que fazer escolhas e abdicar de muitas coisas materiais por falta de meios e porque há prioridades, porque não optar por ocupar o tempo com momentos especiais... porque não aproveitar para passar mais tempo com as pessoas que amamos (seja de que forma for) e declararmos-lhes todo o amor que por elas sentimos...

Porque não aproveitamos o tempo presente para fazermos declarações de amor, declarações de amizade... verdadeiras declarações de sentimentos!

Há presente melhor que alguém possa receber do que este?... Só se for totalmente insensível e materialista é que não vai apreciar um gesto destes, muito mais do que qualquer outra coisa.

Ah! Mas não se esqueçam... tem que ser sentido, tem que vir do coração... só assim o momento é especial e poderá ser recordado para sempre, como um dos melhores presentes alguma vez recebido!

Vá lá... declarem-se a quem é especial na vossa vida e não se esqueçam...

SEJAM FELIZES!!!

De novo a aproveitar a simplicidade...

Cá estou eu de novo... uma esplanada, um pingo e meia torrada, esta imensidão de mar, com barcos a colorir o cenário, uma brisa leve e agradável tal como eu gosto, uma paisagem absolutamente tranquilizadora.

É impossível, digo eu agora, no estado de alma em que me encontro, não sentir paz, uma paz imensa e uma harmonia sem fim. Até me faltam palavras para vos descrever o que sinto. E sinto-me assim tão fascinada porque estou agora a descobrir estas sensações, estou agora a conseguir descobrir o prazer de relaxar, de estar em paz comigo própria, de me conseguir desligar do mundo que me rodeia e das pessoas que estão à minha volta. Estou maravilhada por finalmente ter conseguido tal feito na minha vida...

Pode para a maioria de vocês ser tão normal como respirar e ainda bem que assim é, mas para mim sempre foi um dos meus maiores desejos, que tive enorme dificuldade em realizar. Foi com muito trabalho, esforço e sofrimento até, que consegui chegar aqui, e agora, que alcancei este estado de tranquilidade e paz interior, sinto-me como se tivesse conquistado a minha maior riqueza pois é disso mesmo que se trata, uma verdadeira riqueza, que não há dinheiro algum que compre.

Agora sou muito mais feliz! Agora sou Feliz porque finalmente estou em paz e bem comigo.

Se estivermos dispostos a... o sofrimento e a dor é a melhor forma de chegar à felicidade. Custa muito mas vale a pena porque a recompensa é inqualificável...

Não receiem... busquem a vossa felicidade, dentro de vós mesmos, que vale a pena... só vale a pena!

E... SEJAM FELIZES todos os dias da vossa vida!

É este o objectivo!!!

Os filhos não são nossos...

No post anterior dizia-vos que fiquei sozinha e alguns de vós devem ter pensado "Mas ela tem um filho!".

É verdade eu tenho o meu filho, que tanto amo e de quem tanto me orgulho, que partilha a sua vida comigo e com o pai, mas nunca quis colocar nele o "fardo" e a responsabilidade de ter que me "compensar" pelo facto de eu ter perdido o companheiro. São amores diferentes e realidades completamente diferentes e não posso em momento algum querer, nem sequer pensar, que o meu filho compense a falta que sinto de ter um companheiro.

Os filhos não são nossos... escolhem-nos para que deles possamos cuidar, para os educarmos e os prepararmos para a vida, da melhor forma que sabemos e podemos, mas quando crescem e se tornam independentes seguem o seu caminho e nós continuamos o nosso... é assim a lei natural das coisas e não devemos querer que seja de outra forma - "Age com os outros como gostavas que agissem contigo!".

Os nossos filhos são cidadãos do mundo, não são propriedade nossa e se tivermos sempre isso em mente seremos todos mais felizes e teremos muito menos dissabores no futuro.

Temos que respeitar a individualidade de cada um, mais ainda daqueles que geramos!

Benditos sejam os nossos filhos!!!