Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Será que sabemos amar...?

Esta é uma pergunta que tenho feito a mim própria, ultimamente, com alguma frequência, porque a dúvida tem-me invadido a mente... é o que faz ter mais tempo para pensar!

Pergunto-me agora, depois do que me aconteceu, se soube amar a pessoa que tinha a meu lado... se soube aceitá-la e respeitar a sua individualidade. Sempre achei que sim, mas agora invade-me a dúvida!

Muitas pessoas afirmam que o amor verdadeiro só acontece quando as duas pessoas têm amor por elas próprias. De igual forma, o amor verdadeiro vai muito além do romantismo e do erotismo, é uma questão de empenho, trabalho, cuidado e um forte compromisso diário.

Ora é aqui que reside a verdadeira questão... até que ponto nos amamos a nós próprios? É que se tal não acontecer, dificilmente conseguiremos amar, de facto, o outro e fazê-lo feliz.

Descobrir, depois dos 40, que não nos amamos verdadeiramente é assustador, mas não é o fim do mundo... com trabalho e empenho é possível recuperar este sentimento e começar de novo, conquistando assim a felicidade nunca antes vivida na sua plenitude.

Para os que como eu estão a descobrir que não se amam o suficiente para fazerem o outro feliz e acima de tudo serem felizes eles próprios, não desistam, porque estamos sempre a tempo de recuperar o tempo perdido e começar de novo, mesmo quando parece que está tudo perdido, porque deixamos escapar a grande oportunidade de sermos felizes e, quem sabe, o grande amor da nossa vida... lembrem-se que se foi embora é porque não era assim tão grande e teremos tudo a seu tempo!

Não percam a força, a fé e a esperança e continuem a trabalhar sempre focados no objectivo de serem felizes convosco próprios, em primeiro lugar!

Fiquem bem!!!