Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Ser mãe é...

IMG_20210530_222905.jpg

Ser mãe é sentir o coração fora de mim; é querer ter sempre a certeza de que está tudo bem; é sentir um amor que não cabe no peito, que consegue sempre crescer um pouco mais.

Ser mãe é andar cansada com o leva e trás à escola e às atividades, conjugado com um dia de trabalho; é esperar horas enquanto ele faz o que gosta, para que se desenvolva saudável e feliz.

Ser mãe (com guarda partilhada) é ficar feliz quando ele vai para o pai, por finalmente ter tempo para mim, mas é também estar, já no dia seguinte, cheia de saudades e ansiosa que ele volte.

Ser mãe é ficar com os nervos em franja perante um adolescente que, naturalmente, acha que sabe e tem alguma dificuldade em ouvir-me, mas ao mesmo tempo é sorrir por dentro e perceber que está só a querer afirmar-se, que tem opiniões próprias e que defende aquilo em que acredita. Afinal, todos fomos ou ainda somos assim.

Gerir tudo isto, conjugado com tudo o resto, não é fácil, mas ninguém disse que ser mãe é um mar de rosas. Ser mãe é uma grandiosa tarefa, uma grande missão.

Saldo feito, ser mãe é uma bênção (uma das maiores) e não há amor que se compare a este (nem preocupação).

Encaro a maternidade com muita responsabilidade. É um desafio, uma grande missão que desejo cumprir da melhor forma possível.

Ser mãe é um dos papéis principais da minha vida!