Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Poema de esperança...

“Você pode menosprezar-me na história,
Com as suas mentiras distorcidas e amargas,
Você pode pisotear-me nessa lama,
Mas mesmo assim, como poeira, eu me reerguerei.

 

A minha impertinência incomoda-o?
Por que você está perturbado em melancolia?
Porque eu ando como se tivesse poços de óleo
Jorrando na minha sala de estar.

 

Bem como luas e sóis,
Com a certeza das marés,
Bem como esperanças brotando alto,
Mesmo assim eu me reerguerei.

 

Você queria ver-me quebrada?
Cabeça inclinada e olhos para baixo?
Ombros caindo como lágrimas.
Fraquejando pelos gritos do meu âmago.

 

A minha arrogância ofende-o?
Não leve isso tão a sério
Porque eu rio como se tivesse minas de ouro
Sendo escavadas no meu quintal.

 

 Você pode atirar-me as suas palavras,
Você pode cortar-me com os seus olhos,
Você pode matar-me com o seu ódio,
Mas mesmo assim, como o ar, eu me reerguerei.

 

A minha sensualidade ofende-o?
É realmente uma surpresa
Eu dançar como se tivesse diamantes
Onde as minhas coxas se encontram?

 

Das tocas da vergonha da história
Eu reergo-me
Saindo de um passado enraizado na dor
Eu reergo-me
Eu sou um oceano negro, borbulhante e vasto,
Vertendo e expandindo-me, eu aguento a maré.
Deixando para trás noites de terror e medo
Eu reergo-me
Rumo a um amanhecer que é surpreendentemente claro
Eu reergo-me
Trazendo os presentes que os meus ancestrais deram,
Eu sou o sonho e a esperança do escravo.
Eu reergo-me
Eu reergo-me
Eu reergo-me.”

MAYA ANGELOU

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.