Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Insatisfação...

“Não temos o direito de ser infelizes com as nossas vidas. Se nos parece que não estamos satisfeitos com a vida, deveríamos encarar isso como uma razão para ficarmos insatisfeitos connosco mesmos.”

Tolstoi

E é essa insatisfação que nos faz andar para a frente e mudar o rumo da vida. Sem esse sentimento estagnaríamos ficando presos a “muita coisa cheia de nada”.
Muitas vezes vivemos situações que realmente não nos preenchem, e fazemo-lo sem sabermos porquê, continuamos presos a elas, como se disso dependesse a nossa vida.

Isto é um bocadinho estranho, não é? Como é que algo que não nos faz feliz pode ser tão indispensável?

Muitas vezes, a nossa necessidade de segurança leva-nos a mantermo-nos comprometidos a relações, empregos, etc., que assumimos anteriormente mas que, por algum motivo, afinal não são aquilo que queríamos, não são aquilo que com que tínhamos sonhado, já não são compatíveis connosco… Então, há que mudar!
Paremos um pouco para reflectir, ouçamos o nosso coração, pois pode ser hora de mudar, de sair da “prisão sem grades”.

É claro que isso pode implicar o fim de alguma coisa, o deixar para trás algo, e isso, todos nós sabemos o quanto pode ser doloroso, mas também pode ser brutalmente libertador!

Portanto, viver o fim de alguma situação, da mais insignificante à mais significativa, pode significar caminhar para algo melhor. Só assim se chega à Realização! Com toda a coragem e audácia é importante seguir em frente, pois é para frente que o caminho flui!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.