Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Renascer aos 40

Para os que depois dos 40 começam uma vida nova... e para todos os outros também... "Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre..., tal é a lei."

Tudo pode mudar num segundo...

Ontem, no final do dia, fui fazer o que seria um simples exame de rotina, como é habitual, e acabei a fazer uma biopsia.

Pois é, de facto toda a nossa vida pode mudar num segundo...

Sempre pensei em relação a tudo, com excepção do divórcio, confesso, que o que acontece aos outros pode perfeitamente acontecer-me a mim, pois não tenho nenhum privilégio em relação aos restantes mortais, portanto se acontece aos outros, porque é que não me pode acontecer também.

Mas a verdade é que por mais conscientes que estejamos em relação a estas coisas, quando nos bate à porta a possibilidade de ter uma doença grave é impossível ficar indiferente...

Pois foi o que me aconteceu...

No momento, foi tudo tão rápido, tão instantâneo que nem tive tempo para pensar e digerir.

Fiz o exame e quando ia para casa o medico ligou-me pessoalmente e dizer que tinha que fazer biopsia porque afinal o nódulo, que eu já tinha, tinha aumentado, o seu aspecto modificou-se e não era bom. Ele sugeriu-me fazer de imediato a biopsia e disponibilizou-se a fazer-ma naquele momento, se eu quisesse.

Confesso que não sabia que podia ser tudo assim tão rápido e que para os médicos estas situações são assim tão urgentes.

Ainda de perguntei, a quente, se não podia pensar melhor, como se isto fosse uma questão de pensamento, mas ele foi peremptório, "ou faz hoje ou amanhã", não me deu grandes alternativas.

Assim sendo e como não gosto de deixar nada para depois, inverti a marcha e 10 minutos depois lá estava eu a fazer o exame.

Como tudo aconteceu em menos de uma hora, só quando estava a pagar o acto médico e falei do meu filho é que me caiu a ficha e veio a tristeza e o receio de que tudo mude a partir daqui.

É nestes momentos que percebemos que damos demasiada importância a pormenores e mesquinhices que apenas servem para matar parte do nosso precioso tempo que devíamos aproveitar, isso sim, para vivermos intensamente e sermos felizes, para estarmos com os que mais amamos e desfrutarmos da sua preciosa companhia.

Foi o que fiz de seguida...

Agora, resta-me esperar pelo resultado, viver, amar e ser cada vez mais feliz!!!